Posso ser um cristão mesmo sem fazer parte da igreja?

Você Pergunta: Eu leio muito a Bíblia e gosto muito dos valores passados por Cristo. Entendo a obra que Ele fez na cruz para me salvar e sei que devo segui-Lo. Porém, do jeito que a igreja está hoje em dia, prefiro ser cristão sem fazer parte de nenhuma igreja. É possível eu ser um cristão verdadeiro mesmo sem fazer parte de uma igreja?
Caro leitor, tem crescido o número de pessoas que, como você, tem preferido exercer seu cristianismo mantendo certa distância da igreja. Eu entendo você em parte, pois algumas igrejas realmente têm estado muito distantes da vontade de Deus. Têm caminhado por caminhos que não satisfazem o coração de Deus. Mas será que esse é um motivo válido para você viver um cristianismo sem igreja (se é que isso é realmente possível)?

Apesar da salvação de uma pessoa não estar ligada ao fato dela estar ou não em uma igreja, é claro na Bíblia que Deus faz do salvo em Cristo Jesus um integrante de Sua igreja invisível e também aponta claramente pela inserção desse individuo na igreja visível, na igreja local. É nela e através dela que a Bíblia aponta que esse individuo melhor servirá a Deus. Esse é o padrão bíblico. Não existe em nenhum lugar da Bíblia qualquer incentivo para que as pessoas sirvam a Cristo longe de Sua igreja. A comunhão entre os santos é assunto muito recorrente nas páginas sagradas.

Essa questão de não querer congregar em uma igreja, de querer viver um cristianismo afastado do “comunitário” não é algo novo. A Bíblia trata desse assunto, que parece ter sido o alvo que o autor do livro de Hebreus queria atingir com esse versículo: “Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns” (Hebreus 10.25).

Se fizermos uma leitura aprofundada do Novo Testamento veremos que a igreja foi fundada por Jesus Cristo (Mt 16.18) e continuada pelos apóstolos e outros servos de Deus (At 2.42). Apesar de algumas pessoas na atualidade satanizarem a igreja, e incentivarem que as pessoas não façam parte dela, não é isso que vemos na Bíblia. A palavra “igreja” é usada 110 vezes no Novo Testamento, 93 das quais são descrevendo a igreja local. Ainda assim, muitas pessoas pela falta de compromisso que têm com o evangelho de Cristo, defendem que a igreja não é algo importante e fundamental na vida do verdadeiro cristão. Uma inverdade!

É evidente que existem igrejas “trigo” e igrejas “joio”. Existem falsos profetas, falsos mestres, falsos cristos (2 Pe 2.1). De tudo isso Jesus e os apóstolos nos alertaram. O que precisamos fazer é buscar uma igreja que seja bíblica para fazer parte. Apesar de alguns afirmarem que as igrejas estão todas corrompidas, generalizando, é claro, sabemos que existem milhares de igrejas cheias de crentes verdadeiros e comprometidos com Deus. Igrejas de Deus nessa terra! Não são perfeitas, mas são verdadeiras igrejas de Deus. Procure esses irmãos e some-se a esse tipo de igreja.

Por isso, caro leitor, siga o conselho bíblico: “Não deixemos de congregar-nos, como é costume de alguns” (Hebreus 10.25).

 

http://www.esbocandoideias.com

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 − onze =