Suzana Wesley um exemplo de mãe, verdadeiro amor e determinação!

1
79

Suzana Wesley foi a maior de vinte e cinco irmãos e mãe de dezenove filhos. Foi uma mulher que passou por privações, enfrentou dificuldades sem nunca se desviar da fé e da mesma maneira ensinou a seus filhos. Foi uma mulher que realmente praticava o que ensinava e que soube como educar e fazer a diferença na vida de cada um dos seus filhos. Sua coragem, submissão, autoridade, força, independência, controle de sua mente, fervor devocional de seus sentimentos e orientação prática ministrada à seus filhos cresceu e se repetiu nomeadamente no caráter e comportamento de cada um deles.
Uma mulher, por natureza frágil e ocupada com os muitos cuidados com sua família, separava duas horas por dia para devoção à sós com Deus. E quando questionada como as vinte quatro horas do dia podia incluir todas as atividades normais, que uma mulher frágil de trinta anos foi capaz de realizar, a resposta podia ser encontrada nestas duas horas de retiro diário, quando obtinha de Deus, na quietude de seu quarto, paz, paciência e um valor incansável.
Do ponto de vista material a história de Suzana Wesley foi uma história de miséria, privações e fracasso, mas espiritualmente, foi uma vida de riquezas verdadeiras, glorias e vitórias, pois ela nunca perdeu seus altos ideais numa fé sublime.

“Uma escola em casa”

Suzana Wesley fez de sua casa uma escola. Em sua casa, seis horas por dia, durante vinte anos, Suzana Wesley ensinou a cada um de seus filhos de forma tão abrangente que se tornaram altamente qualificados. Ela sempre aconselhava os filhos a organizar suas tarefas, seguindo um método estabelecido, em que podiam aprender a maximizar cada momento precioso.
Suzana Wesley ensinava o alfabeto aos filhos no dia do aniversário de cinco anos. “Logo que eles aprendiam as letras liam uma linha, depois um verso e não podiam passar para a próxima lição até lerem com perfeição o que já haviam aprendido”.
Naquele tempo a maioria das mulheres não aprendia a ler. Elas eram ensinadas a cuidar das tarefas domésticas. Mas, Suzana Wesley não concordava com esse costume. Suzana Wesley ajudou a mudar essa realidade. Por isso, ela ensinou suas filhas a ler e escrever antes de ensinar a costurar.
Entre seus filhos, houve um que não apresentou paixão pelo aprendizado, e quando questionada pelo marido porque ela insistia em ensinar a lição ao pobre rapaz pela vigésima vez, ela respondeu calmamente que se ela estivesse que ensinar satisfeita com dezenove vezes, todo seu esforço seria em vão. Suzana Wesley não se deixava abater pelas dificuldades que lhe aparecia ao ensinar seus filhos.
Suzana Wesley seguia uma rotina diária para ensinar seus filhos, para isso ela se utilizava de alguns métodos:
– Matinha um horário rigoroso em seu lar, e era disciplinada e metódica na direção de suas atividades diárias;
– Seus filhos eram ensinados sobre a importância da confissão. Quando faziam algo errado confessavam completamente, sem necessidade de puni-los;
– Ela sempre recompensava a obediência;
– Respeito pelos outros era uma obrigação;
– Todas as promessas feitas tinham que ser mantidas;
– Conferências semanais eram realizadas com cada filho, e ela os tratava de acordo com seus temperamentos individuais;
– Ela orava dia e noite por seus filhos;

Referências:

http://livrariavozdoqueclama.blogspot.com/2009/04/susana-wesley.html

1 COMENTÁRIO

DEIXAR UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here